domingo, 21 de junho de 2015

Na impossibilidade de mudar de pele, resta-nos mudar de roupa, de modo a que esta reflicta o novo eu que somos neste momento. Necessito por de lado as vestes desse outro eu, a quem já não regressarei, mesmo que ainda não tenha encontrado o tom e o estilo certos para este novo eu.

Cecilia Paredes

Sem comentários:

Enviar um comentário