terça-feira, 23 de junho de 2015

O que julgamos não dizer sobre nós

Tudo o que calamos diz mais sobre nós do que as palavras que proferimos. O ouvido atento percebe as omissões e as mágoas que nelas tentamos diluir.
Sei-o porque procuro em cada palavra reconhecer o que não é dito. Sei-o porque construo cada frase, construindo uma personagem, feita à medida do que quero revelar.
Poderia dizer que a construo à minha medida, mas, na verdade, já não sei bem a medida pela qual me rejo. Dou-me perdida entre o que não sou, mas procuro projectar, e o que sou, mas não tenho coragem de mostrar.
Apresento-me uma sombra difusa de quem quer que seja.
 
Giuliano Bekor
 

Sem comentários:

Enviar um comentário