sábado, 11 de julho de 2015

Os que sucumbem e os que se salvam, Primo Levi

Retornei à obra de Primo Levi, que se tornou uma das leituras da minha vida. É complicado sintetizar tudo o que aprendo na sua leitura. Seriam necessários muitos mais apontamentos e reflexões do que a poucas linhas que aqui deixo. Mas o que posso dizer é que é uma leitura transformadora, porque me confronta não só com a fragilidade do ser humano, mas também com a sua força, mas sobretudo com a sua falibilidade. E falíveis somos todos nós. E sendo-o, isso também deveria despertar um novo olhar sobre o outro, que infelizmente não transparece para os nossos actos. E numa época em que a história parece repetir-se, espero conseguir manter um olhar humano sobre o que e quem me rodeia. Só isso me parece uma tarefa quase hercúlea.


Tradução & Revisão: José Colaço Barreiros| Editora: Teorema | Colecção: Outras Histórias | Edição: | Local: Lisboa | Impressão: Rainho & Neves| Ano: 2008, Março | Págs.: 205| Capa: Fernando Mateus | ISBN: 978-972-695-751-5| Localização: BLX PF 82-31 LEV (80287643)

Sem comentários:

Enviar um comentário