domingo, 5 de julho de 2015

Sempre pensei que, para iniciar um novo capítulo, teria de encerrar o anterior. No entanto, tenho vindo a compreender que não posso atrasar mais o início de um novo capítulo. Talvez quanto mais cedo começar o próximo, mais depressa este se acabe. E mesmo que os dois coabitem durante um período, também não é problemático. Até um fim tem o seu tempo para ocorrer. O que não posso é atrasar o novo principio que necessito.


Sem comentários:

Enviar um comentário