domingo, 17 de janeiro de 2016

Sinfonia em Branco, Adriana Lisboa

“A via é uma ampla costura de momentos exactos…” (p. 51)
Um trauma de infância condiciona toda a vida futura de duas irmãs, uma vítima, outra testemunha. Entre as duas silêncios conformados pela educação e expectativas sociais, vidas por realizar, sentimentos por definir e viver. Até ao momento de “deixar toda a pela morta para trás, se possível.” (p.65) E dar-se uma oportunidade para tal, porque “Nós somos os responsáveis pelo papel que as pessoas assumem em nossa vida. E as pessoas mudam, embora o significado que um dia tiveram não mude.” (p.219)

Editora: Círculo de Leitores | Local: Mem Martins | Edição/Ano: 2004 | Impressão: Printer | Págs.: 230 | ISBN: 978-972-4231280 | Localização: BLX PF 82P(81)-31/LIS (80027439)

Sem comentários:

Enviar um comentário