domingo, 6 de março de 2016

A Livraria, Penelope Fitzgerald


Esta foi a minha primeira incursão na obra desta autora britânica, cujo nome desconhecia, mas cuja temática do livro e a sua reduzida dimensão me chamaram a atenção. As premissas eram interessantes: uma viúva decide abrir uma livraria numa pequena localidade litoral, afrontando assim os planos da lady local para o edifício em questão. Pelo meio decide igualmente apostar na venda de Lolita de Nabokov. E a história fica por aqui mesmo. Não há qualquer exploração do impacto social da leitura desse livro e tudo se resume à ligeira pressão da lady que acaba por levar à sua avante. Não fiquei com curiosidade para conhecer a restante obra da autora e também não é um livro que recomende, nem para passar o tempo.

Tradução: Eugénio Antunes | Editora: Clube do Autor | Local: Lisboa | Edição/Ano: 2011, Agosto (1978)| Impressão: Guide, Artes Gráficas, Lda.| Págs.: ... | Capa: ... | ISBN: 978-989-8452-60-3| DL: 331665/11 | Localização: BLX PF 82-31/FIT (80294673)

Sem comentários:

Enviar um comentário