quarta-feira, 19 de outubro de 2016

#104.16 @ 103/1003


Um dos meus objectivos de leitura é o de ler três vencedores com o Prémio Nobel por ano. Em 2016, a escolha recaiu, por vezes aleatoriamente, em:
- Orhan Pamuk, com O Romancista Ingénuo e Sentimental e de quem já conhecia A Cidadela Branca;
- J.M. Coetzee, com Elizabeth Costello, e que foi uma estreia na obra deste autor;
- Ernest Hemingway, com O Sol NAsce Sempre (Fiesta), de quem, finalmente, acabei uma leitura.
E, em prinicpio, até ao final do ano, ainda me dedicarei à leitura de A História de Meu Filho, de Nadine Gordimer, que será, igualmente, uma estreia na obra.

Sem comentários:

Enviar um comentário