sábado, 10 de junho de 2017

Sobre concluir raciocínios

Quando desenvolvo um raciocinio e o procuro exprimir através de um texto escrito, há uma parte que raramente me agrada: a conclusão. Parece-me que, demasiadas vezes, não consigo eleborar uma conclusão sufucientemente lógica ou coerente com a explanação prévia ou que a termino de forma abrupta. Como se, em permeio, me faltasse atingir um qualquer nível de entendimento ou me falhasse a capacidade para o colocar em palavras, de forma compreensivel.
E nem tudo se conclui com um simples

FIM!
Tiago Afonso

Sem comentários:

Enviar um comentário