terça-feira, 22 de agosto de 2017

A acalmia está prestes a terminar
o tumulto está em ponto de eclosão
o silêncio anunciador é ensurdecedor
a gota soltou-se
a superfície agita-se
a onda cresce
quando e quanto arrastará na sua força destruidora
não é tempo de saber
o momento é de encher o peito
de construir as barricadas possíveis
e aguentar o impacto
reerguer
tanto quanto necessário
tanto quanto possível
até à vitória

ou ao cansaço final 


Sem comentários:

Enviar um comentário