sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

2017: Balanço de leituras

Inicio cada ano com perspectivas de leitura que se vão alterando ao longo do mesmo. Ainda bem, porque, regra geral, significa que se intrometeram novos desafios pelo meio. Isso significa igualmente algumas desistências, o que também faz parte do processo. Mas nunca se sabe, talvez as retome… um destes dias… sem stress.
Em termos gerais, destaco três tendências – há falta de melhor - de leitura este ano:
- o poder e o impacto da leitura;
- a (des)condição feminina;
- (mais) autores nacionais.

Foi um bom ano de leituras. E 2018? Apresenta-se extremamente promissor!

Sem comentários:

Enviar um comentário